LIFE WOLFLUX
REWILDING PORTUGAL

Melhorar a situação do lobo-ibérico a sul do Rio Douro 

O lobo-ibérico é uma espécie endémica da Península Ibérica, existindo apenas em Portugal e Espanha. É uma espécie que em Portugal se encontra em risco de extinção, devido a várias ameaças como a perda de habitat, perseguição humana e falta de presas silvestres para se alimentar. O principal objetivo do projeto LIFE WolFlux, é garantir que se encontram reunidas as condições necessárias, tanto do ponto de vista ecológico como social, para assegurar a viabilidade a longo-prazo da subpopulação de lobo-ibérico a sul do Rio Douro.

Ao contrátio da situação a norte do rio Douro, em que a espécie se encontra mais ou menos estável, a sul deste rio existe uma subpopulação pequena e fragmentada, cuja sobrevivência nos próximos anos não está garantida. A Rewilding Portugal, entidade que coordena este projeto, está desde 2019 no terreno a trabalhar para assegurar que existem as condições necessárias não só para a sobrevivência desta subpopulação, mas para que esta recupere e se expanda a outros territórios onde outrora já esteve presente. Um facto pouco conhecido é que em 1930 exisitiam lobos em todo o território nacional, do Gerês ao Algarve.

O lobo-ibérico é uma espécie crucial nos nossos ecossistemas, pelo papel que desempenha como predador de topo, predando animais fracos e doentes, e controlando as populações de herbívoros silvestres. No entato, a falta de habitat e de presas silvestres, muitas vezes causam situações de proximidade entre esta espécie e os nossos animais domésticos, como vacas, cabras e ovelhas, o que muitas vezes resulta em ataques de lobo a gado, criando uma situação de conflito com consequências negativas tanto para o lobo, como para as comunidades locais que com ele convivem. É necessário assegurar medidas que permitam uma coexistência entre o lobo-ibérico e o ser humano, protengendo os animais domésticos da predação e garantindo que existem presas silvestres alternativas em abundâncias suficientes para sustentar a população de lobo-ibérico.

O projeto LIFE WolFlux tem-se focado em prevenir ataques de lobo a gado doméstico, trabalhando com criadores de gado e pastores para proteger os animais de forma eficaz – seja através da utilização de cães de proteção de gado (Serra da Estrela), ou da instalação de algumas vedações à prova de lobo (fixas ou elétricas) que permitam proteger o gado em alturas mais vulneráveis ou locais de maior risco. Nos últimos três anos já foram integrados cerca de 60 cães de proteção de gado a sul do Rio Douro, em colaboração com o Grupo Lobo que já desenvolve este trabalho no território há várias décadas. Adicionalmente o projeto está a fazer restauro ecológico de habitat para beneficiar o corço, uma das espécies presa do lobo mais importantes nesta região, e cujas densidades nos distritos de Viseu e Aveiro continuam demasiado baixas.  

O lobo-ibérico é uma espécie icónica, com potencial tremendo para o turismo de conservação e de natureza no nosso território, algo que os vizinhos Espanhóis já descobriram há algum tempo. O projeto LIFE WolFlux está também focado em capacitar guias de natureza para que possam desenvolver experiências com esta espécie no território de forma responsável.

Criar as condições necessárias para a viabilidade a longo-prazo desta espécie em Portugal é urgente e requer um trabalho de proximidade a longo-prazo, encontrando as melhores soluções de coexistência que beneficiem a espécie sem prejudicar as comunidades locais que com ela convivem.

Para saber mais sobre este projeto, existe um website dedicado ao mesmo, tal como um documentário chamado “Rewilding, um novo caminho para a natureza em Portugal” que se encontra disponível online no YouTube.

WordPress Cookie Notice by Real Cookie Banner